10 gols mais bonitos da história do futebol

Os 10 gols mais bonitos da história do futebol são conhecidos por todas as pessoas que já assistiram qualquer programa sobre o esporte. Até mesmo os mais desligados do futebol já viram vídeos desses gols em algum momento da vida. Leia conosco e confira quais são os 10 gols mais bonitos da história do futebol. Vamos lá!

10 gols mais bonitos da história do futebol

10. Roberto Carlos – França-Brasil, 1997

Uma trajetória como essa nunca havia sido vista antes: uma cobrança de falta saiu e depois voltou de repente em direção ao gol. Tudo combinado com uma força fora do comum que fez aquela bola literalmente enlouquecer, sem deixar saída para o inocente Barthez entre os postes.

9. Roberto Baggio – Juventus-Brescia, 2001

Roberto Baggio, com a camisa do Brescia agora na fase final de sua carreira, aproveita o lançamento do jovem Andrea Pirlo para encontrar um controle com dribles inclusos que o leva a marcar o melhor gol de sua carreira.

8. Pelé – Suécia-Brasil, 1956

É um dos gols mais famosos da história do futebol, o da consagração de um campeão atemporal como nosso Rei Pelé que, quando criança, se viu ganhando uma Copa do Mundo a milhares de quilômetros de sua casa como protagonista.

Ele para de frente para saltar por cima do primeiro adversário, chapéu no segundo e depois concluir na mosca na rede. É o chute de 3-1, num jogo que terminaria em 5-2 e inaugurava o mito de um do maior futebolista de todos os tempos.

7. Zlatan Ibrahimovic – Inglaterra-Suécia, 2012

Um de quase do meio-campo, aproveitando a saída precipitada de Hart e permitindo assim a Ibrahimovic – um dos atacantes mais eficazes da história do futebol – mostrar toda a sua ousadia, força física, talento com um único chute e a genialidade de um campeão sem igual. Um gol de bicicleta “do meio da rua”.

6. Zinedine Zidane – Real Madrid-Bayer Leverkusen, 2002

Uma coisa que muitas vezes faz a diferença na ponderação da beleza dos gols é entender o contexto em que eles são marcados. Realizar um feito na final da Champions se torna uma nota de mais mérito, como aconteceu no caso de Zinedine Zidane que com a camisa do Real Madrid (e encontrando uma coordenação fora do comum) mandou um gol de beleza estonteante ao alvo em 2002.

5. Marco Van Basten – Holanda-Urss, 1988

É muitas vezes chamado de “o melhor gol da história europeia”, mas com todo o respeito por uma competição histórica com brasão internacional, é um rótulo demasiado simplista para um dos gols mais bonitos da história do futebol: um chute rápido que para coordenação, trajetória e técnica é uma das mais belas jogadas do futebol.

Assinado por Marco Van Basten, um daqueles campeões que nascem apenas uma vez pela graça e leveza.

4. Wayne Rooney – Manchester United-Manchester City, 2011

O curioso que chama a atenção é que também neste caso entre os postes estava Hart – com a camisa do Manchester City, sem culpa diante de uma obra-prima de Rooney que assina a obra-prima de bicicleta perfeita.

Um gol sensacional, daqueles que se tornaram o símbolo do bom futebol. Um gol de gênio que marca a história de uma carreira pessoal, um derby, um campeonato e, em geral, o futebol.

3. Cristiano Ronaldo – Juventus-Real Madrid, 2018

Um gol, uma ovação de pé, um destino que o leva a escolher uma das equipes contra a qual marcou mais gols na Champions: há tanta história na bicicleta perfeita assinada por CR7, um gesto técnico e um gol de mestre que condena a Juventus a mais uma dolorosa eliminação fazendo muitos perderem em casas de apostas de futebol, enquanto outros ganharam muito dinheiro.

Mas, ao mesmo tempo, tornou-se uma oportunidade de se aproximar de um sonho que alguns meses depois se tornará realidade: Ronaldo em Turim vestindo a camisa da Juventus. Uma história que começa com um gol: não um simples gol, mas um dos feitos mais bonitos da história do futebol.

2. Lionel Messi – Barcelona-Getafe, 2007

No segundo degrau do pódio termina a fotocópia (desbotada devido à execução e contexto) do gol que domina à frente de todos: Lionel Messi que em 2007, ainda com vinte anos, salta todos os adversários a partir do meio-campo com o Barcelona e marca um super gol contra o Getafe. Um gol que leva todos a gritar: “É igual ao de Maradona”. Sim, como o primeiro deste ranking especial.

1. Diego Armando Maradona – Argentina-Inglaterra, 1986

A partida mais icônica da história do futebol, o lance mais incrível de todos os tempos (e você soma todos os superlativos do caso): Diego Armando Maradona toca a bola 11 vezes, praticamente dribla toda a Inglaterra e deposita a bola na rede driblando até o goleiro.

É um gol que vale uma Copa do Mundo, a redenção de um povo inteiro, um símbolo eterno que só poderia terminar no degrau mais alto deste pódio. Até a próxima!